Max Holloway vence batalha épica e toma cinturão ‘BMF’ de Justin Gaethje com nocaute assustador no UFC 300

Havaiano aceita luta franca e brutaliza detentor do título no último segundo do confronto válido por título simbólico

Max Holloway golpeia Justin Gaethje no UFC 300. Foto: Reprodução/Instagram

Simplesmente avassalador. No confronto que definiu o ‘Maior Casca-Grossa do MMA’, Max Holloway levou a melhor, e faturou o cinturão ‘BMF’. Destaque no UFC 300, realizado neste sábado (13), em Las Vegas (EUA), o havaiano topou o desafio de subir aos leves (até 70,3kg.) e protagonizou batalha épica contra Justin Gaethje. Após quase cinco rounds de agressividade, o atleta chocou ao apagar o adversário com nocaute assustador no último segundo de confronto.

A vitória confirma o novo detentor do título simbólico. Depois da conquista, Max desafiou Ilia Topuria, campeão dos penas (até 65,7kg.) que estava presente na plateia.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Alex Poatan (dir.) aplica nocaute em Jamahal Hill (esq.) no UFC 300. Foto: Reprodução/Twitter @UFCNews
Charles do Bronx arrisca guilhotina em luta contra Arman Tsarukyan no UFC 300. Foto: Reprodução/Twitter @UFCNews

Duramente batido no show, Gaethje deu show de resistência, mas sucumbiu à estratégia do adversário. O revés adia o sonho do norte-americano em disputar o cinturão dos leves, hoje, em posse de Islam Makhachev.

Na história do MMA

A luta começou com Holloway tomando a iniciativa com um chute na linha de cintura de Gaethje. Max apostava em ataques na longa distância e evitava as ‘bombas’ arremessadas pelo oponente. Com pouco mais de um minuto, Justin desequilibrou o rival com um chute baixo, mas Holloway se levantou rapidamente. Na metade da etapa, os atletas trocaram cruzados no centro do octógono. A cada ataque lançado, o público presente na ‘T-Mobile Arena’ vibrava. Em seu melhor estilo, Max apostava no volume de golpes, acima da contundência. Justin tentava impor nocaute com golpe singular. No minuto final, a luta era ‘lá e cá’, com ambos se arriscando no centro do octógono. Quase no fim da etapa, Holloway aplicou um chute rodado, que lesionou o nariz do rival, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

No segundo assalto, Gaethje retornou para o confronto com sangramento abundante no nariz. O campeão mostrava incômodo com o ferimento, mas seguia na luta. Holloway tentava se aproveitar da vantagem e pontuava com jabs, diretos e chutes baixos. Na metade da etapa, os lutadores trocavam ataques na longa distância e evitavam o confronto franco. O árbitro interrompeu o combate em duas oportunidades, após Holloway aplicar dedo no olho do campeão ‘BMF’. Nos segundos finais, Justin desequilibrou o havaiano com um chute baixo, mas Holloway não caiu.

O terceiro round começou com Max seguindo a estratégia à risca, apostando em ataques na distância. Passado um minuto, Gaethje lançou um direto, que explodiu na guarda do havaiano. Justin passou a se soltar no embate e tocava o adversário com diretos e chutes no corpo. Max respondeu com um direto, que abalou o campeão ‘BMF’. Gaethje acusou o ataque, mas assustou com cruzado em contragolpe. Perto do minuto final, o desafio era tenso entre os atletas.

PUBLICIDADE:

No quarto assalto, Gaethje passou a lançar combinações de jabs e direto. Holloway não se afobava e seguia mantendo a distância de segurança. Com dois minutos passados, Max abalou Justin com sequência de diretos. O campeão ‘BMF’ balançava com as ações do havaiano, que controlava as ações. Após o susto, Justin parecia ter se recuperado e buscava acuar o adversário próximo às grades. Holloway continuava mostrando alto Q.I de luta e não caía nas armadilhas do oponente. Perto do minuto final, Holloway se desequilibrou com direto de Gaethje, mas se levantou rapidamente. O confronto voltou a ser tenso com a recuperação de Justin. A etapa acabou com os atletas trocando ataques no centro do octógono.

O último round foi marcado pelo equilíbrio no primeiro minuto. O que Justin lançava, Max não deixava sem resposta. Com quase dois minutos passados, Holloway balançou Gaethje com combinação de cruzados. Justin acusou os ataques e se acuava próximo às grades. O momento era do havaiano, que atuava com inteligência e não dava chances para eventual reviravolta. No minuto final, Holloway esbanjava boa forma e controlava as ações. Nos segundos finais, o desafio voltou a ser disputado no centro do octógono. Nos segundos finais, Holloway ‘chamou Justin para a briga’ e apagou o adversário com um cruzado limpo no queixo, levando o adversário a nocaute.

Resultados do UFC 300

CARD PRINCIPAL

PUBLICIDADE:

Peso meio-pesado (até 93 kg): Alex Poatan derrotou Jamahal Hill por nocaute a 3m14s do R1 – luta pelo cinturão

Peso palha (até 52,1 kg): Weili Zhang derrotou Yan Xiaonan na decisão unânime dos juízes (49-45, 49-45, 49-45) – luta pelo cinturão

Peso leve (até 70,3 kg): Max Holloway derrotou Justin Gaethje por nocaute a 4m59s do R5- luta pelo cinturão BMF

Peso leve (até 70,3 kg): Arman Tsarukyan derrotou Charles do Bronx na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso médio (até 83,9kg): Bo Nickal finalizou Cody Brundage com um mata-leão a 3m38s do R2

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado (até 93 kg): Jiri Prochazka derrotou Aleksandr Rakic por nocaute técnico a 3m17s do R2

Peso pena (até 65,7 kg): Aljamain Sterling derrotou Calvin Kattar na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso galo (até 61,2 kg): Kayla Harrison finalizou Holly Holm com um mata-leão a 1m47s do R2

Peso pena (até 65,7 kg): Diego Lopes derrotou Sodiq Yusuff por nocaute técnico a 1m29s do R1

Peso leve (até 70,3 kg) Renato Moicano derrotou Jalin Turner por nocaute técnico a 4m11s do R2

Peso palha (até 52,1 kg): Jéssica Bate-Estaca derrotou Marina Rodriguez na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3 kg): Bobby Green derrotou Jim Miller na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-25, 29-26)

Peso galo (até 61,2 kg): Deiveson Figueiredo finalizou Cody Garbrandt com um mata-leão a 4m02s do R2

Estatísticas do UFC 300

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC Louisville Resultados do UFC 302 Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301